Bolsonaros no Mega Senha | Melhores Momentos

Standard
Jair Bolsonaro e Eduardo Bolsonaro participaram do programa Mega Senha. Neste programa, a família Bolsonaro respondeu perguntas sobre palavras que deveriam ser adivinhadas pela outra pessoa. Jair Bolsonaro e o seu filho atuaram de boa forma no programa, respondendo as perguntas sem muitos problemas. Claro que Bolsonaro não poderia ter saído do programa sem mitar e humilhar. Durante a pergunta da gazela, respondeu veado (ou viado) e insistiu na resposta, fazendo com que toda a plateia morresse de rir.
No programa Mega Senha, do qual fiz este vídeo dos melhores momentos da participação de Jair Bolsonaro e Eduardo Bolsonaro, os Bolsonaros humilharam levemente a esquerda que se opõe a eles. Nos melhores momentos, abordei todas as instâncias em que os dois tiveram participação, praticamente. Achei o programa bem fraco e não teve como ter feito os 10 melhores momentos que estava pensando fazer.
Jair Bolsonaro é conhecido como o mito, e Eduardo Bolsonaro, como o mito jr. por todas as mitadas e momentos em que humilharam a esquerda. No programa Mega Senha, foi possível ver um pouco disso.
Bolsomito pretende ser presidente do Brasil em 2018 e por isso, todos que o apoiam, não podem se esquecer de apoiá-lo em 2018 para que tenha todos os votos e se torne o presidente do Brasil com as ideias corretas para o nosso desenvolvimento.
Nestes melhores momentos, senti que o mito não estava muito seguro de si, mas honestamente, para mim isso pouco importa. Existem muitas entrevistas polêmicas em que ele estava muito melhor. Com sorte, nosso futuro presidente Bolsonaro participará de mais programas como o Mega Senha para que saibamos o outro lado da sua personalidade.
Amei os momentos de humilha do Bolsonaro presidente 2018.
Um pouco sobre Bolsomito:
Jair Messias Bolsonaro é um militar da reserva e político brasileiro. Cumpre atualmente o seu sexto mandato na Câmara dos Deputados do Brasil, eleito pelo Partido Progressista PP. Nas eleições gerais de 2014, foi o deputado mais votado do estado do Rio de Janeiro com apoio de 6% do eleitorado fluminense 500 mil votos. Atualmente, o parlamentar é filiado ao Partido Social Cristão PSC e pré-candidato para as eleições à presidência em 2018.
Bolsonaro também foi titular da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional e da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado,  além de ter sido suplente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Além dele, três filhos seus também são políticos: Carlos Bolsonaro vereador do Rio de Janeiro pelo PP, Flávio Bolsonaro deputado estadual do RJ pelo PP e Eduardo Bolsonaro deputado federal de São Paulo pelo PSC.
Bolsonaro tornou-se conhecido nacionalmente por suas posições nacionalistas e conservadoras, por suas críticas ao comunismo e à esquerda e por declarações controversas. Também é conhecido por defender a ditadura militar no Brasil e por considerar a tortura uma prática legítima. Suas posições políticas geralmente são classificadas como alinhadas aos discursos da extrema direita.
Advertisements

Bolsonaro e Sargento Fahur OPRIMINDO VAGABUNDOS

Standard

Bolsonaro e Sargento Fahur OPRIMINDO VAGABUNDOS


Video compilação dos melhores momentos do Bolsonaro e do Sargento Fahur oprimindo bandido vagabundos. Atenção: linguagem forte. Bolsonaro e Sargento Fahur são os grandes opressores de criminosos no Brasil. Sargento Fahur, como polícia militar, e Jair Bolsonaro (aka Bolsomito), futuro candidato a ser presidente do Brasil, são os nossos heróis em limpar o Brasil dos bandidos políticos corruptos e dos criminosos das ruas que atormentam as pessoas de bem. Se tivéssemos mais Bolsonaro e Sargento Fahur pelo Brasil, com certeza teríamos um país melhor, mais seguro, com menos bandidagem, menos corruptos, e vagabundos. Todo ser humano deve ser respeito quanto aos seus direitos, mas os direitos humanos destroem isso ao passar a mão na cabeça de vagabundos, bandidos, criminosos de menor de idade. O país necessita da redução da maioridade penal. Menor criminoso não é criança.  Votem Jair Bolsonaro para presidente em 2018. Deem apoio a polícia militar, ao Sargento Fahur, e não se esqueçam que eles são os nossos heróis!
Um pouco sobre Bolsonaro:
Jair Messias Bolsonaro é um militar da reserva e político brasileiro. Cumpre atualmente o seu sexto mandato na Câmara dos Deputados do Brasil, eleito pelo Partido Progressista PP. Nas eleições gerais de 2014, foi o deputado mais votado do estado do Rio de Janeiro com apoio de 6% do eleitorado fluminense 500 mil votos. Atualmente, o parlamentar é filiado ao Partido Social Cristão PSC e pré-candidato para as eleições à presidência em 2018.
Bolsonaro também foi titular da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional e da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado,  além de ter sido suplente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Além dele, três filhos seus também são políticos: Carlos Bolsonaro vereador do Rio de Janeiro pelo PP, Flávio Bolsonaro deputado estadual do RJ pelo PP e Eduardo Bolsonaro deputado federal de São Paulo pelo PSC.
Bolsonaro tornou-se conhecido nacionalmente por suas posições nacionalistas e conservadoras, por suas críticas ao comunismo e à esquerda e por declarações controversas. Também é conhecido por defender a ditadura militar no Brasil e por considerar a tortura uma prática legítima. Suas posições políticas geralmente são classificadas como alinhadas aos discursos da extrema direita.
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Jair_Bolsonaro
Sargento Fahur já teve AVC:
Conhecido na região de abrangência da 4ª Companhia de Polícia Rodoviária Militar (PRv) por seu forte trabalho contra a criminalidade nas estradas, o sargento Fahur foi internado neste fim de semana no Hospital Metropolitano de Sarandi.
Fonte: http://cgn.uol.com.br/noticia/180462/sargento-fahur-e-internado-no-hospital-metropolitano-de-sarandi
Sargento Fahur quase se tornou deputado:
A expectativa da AMAI é grande para que o Sargento Fahur assuma uma cadeira na Câmara dos Deputados em breve. Suplente da coligação, ele assume o cargo, caso o deputado federal Alex Canziani assuma o Ministério do Trabalho no governo de Michel Temer.
O Sargento Fahur fez 50.608 votos para deputado federal, 10 mil destes em Curitiba, e seria um grande aliado dos policiais e bombeiros militares junto à Câmara dos Deputados, na luta pelos direitos da categoria.
Fonte: http://amai.org.br/site/noticias/detalhes/1981/